gov2
lei do pantanal
detran
gov
aguas
AGEMS

Som da Concha volta no domingo com o projeto Fronteira Guarani

Ao todo, quatro artistas de Mato Grosso do Sul se apresentaram: Alzira E, Marina Peralta, Brô MCs e Hermanos Irmãos

Por Brenda Assis em 11/06/2024 às 11:14:06

Som da Concha (Fotos: Fundação de Cultura)

O projeto Som da Concha volta a acontecer no próximo domingo (16), a partir das 18h, na Concha Acústica Helena Meirelles - localizada no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, com apresentação de quatro artistas de Mato Grosso do Sul: Alzira E, Marina Peralta, Brô MCs e Hermanos Irmãos.

Todos se apresentam gratuitamente, através do projeto Fronteira Guarani. Os shows já foram realizados no Teatro da Caixa Cultural, em Curitiba.

O Fronteira Guarani mescla polca com rock e guarânia com reggae, faz rap em guarani e reflete o caldeirão de influências culturais da fronteira sul-mato-grossense vindas dos vizinhos Paraguai e Bolívia. Eles atuam há décadas com seus respectivos trabalhos solos e, pela primeira vez, irão estar todos juntos em um mesmo palco.

O repertório do show traz composições com letras focadas na tradução do jeito de ser do sul-mato-grossense fronteiriço, no alerta para a natureza ameaçada do Pantanal e Cerrado e na denúncia de violência contra mulheres, indígenas e afrodescendentes.

Sobre o Som da Concha – Retomado em 2024, o Som da Concha volta após lançamento de edital com 148 inscrições. O projeto selecionou 28 atrações musicais, sendo 14 para o show de abertura e 14 para o show de encerramento. Os selecionados receberão R$ 5 mil para apresentação com duração de 40 minutos cada nos shows de abertura e R$ 8 mil cada para show de encerramento, com 60 minutos.

O projeto Som da Concha deste ano acontecerá na Concha Acústica Helena Meirelles e em mais quatro municípios de Mato Grosso do Sul. O objetivo é valorizar e difundir a produção musical sul-mato-grossense.

Fonte: JD1

Comunicar erro
no

Comentários

comitiva