comitiva ii

Mulher não deixa o marido ir beber e apanha da sogra na Capital

O casal chegou a brigar antes do homem sair de casa para encontrar a genitora em um bar

Por Brenda Assis em 10/06/2024 às 11:58:14

Caso foi registrado na Depac Centro (Reprodução)

Uma mulher, de 47 anos, apanhou e foi ameaçada de morte pela sogra depois de não deixar o marido ir beber com a autora. O caso aconteceu durante a noite de domingo (9), na Vila Piratininga, em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrĂȘncia, o casal estava em casa com visita quando o homem recebeu um convite para beber com a genitora em um bar da região. Apesar de a esposa ter pedido para que ele não fosse, o homem saiu de casa a deixando sozinha com a visita.

Horas depois, quando a visita jĂĄ havia ido embora, a autora chegou ao imóvel da vítima completamente fora de si. A mulher acertou socos e chutes na nora, que teve escoriações nas mãos, braços e pernas por conta das agressões.

Para tentar se defender, a vítima chegou a dizer que chamaria a Polícia Militar, mas a autora não se intimidou, passando a fazer ameaças e ficando no local aguardando a guarnição. Apesar das ligações, a mulher foi orientada a procurar a delegacia para registrar o fato, pois a viatura não iria até seu imóvel.

Antes de sair da casa, a autora fez mais ameaças, dizendo que iria matar a vítima. A mulher narrou ainda, as autoridades policiais, que chegou a pedir o divórcio ao companheiro.

O caso foi então registrado como lesão corporal dolosa e ameaça na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento ComunitĂĄrio).

Fonte: JD1

Comunicar erro
no

ComentĂĄrios

comitiva