comitiva

Mato Grosso do Sul registra aumento nas exportações no mês de abril

Carne bovina se destaca com aumento de 23,6% em relação ao ano passado

Por ALICIA MIYASHIRO em 15/05/2024 às 18:26:43

Carne e celulose são principais produtos exportados - Reprodução

Mesmo com queda na exportação da soja, Mato Grosso do Sul registra aumento no mercado externo de carne bovina. Conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), o Estado apresentou movimentação positiva de 23,6% em relação ao ano passado.

Além da carne bovina, a celulose também aparece com porcentagem positiva de 26%. No período de janeiro a abril, a diferença entre os valores exportados pelo Estado e os importados foi de US$2,239 milhão (R$11,4 milhões na cotação do dia 15/05), ficando em 14° lugar no ranking de importações.

Conforme os dados divulgados, no período compreendido entre janeiro e abril, foram vendidos US$ 3,178 milhões (R$16,3 milhões na cotação do dia 15/05) de produtos de Mato Grosso do Sul para fora do Brasil.

No mesmo período, foram importados para o Estado de Mato Grosso do Sul, um total de US$938,8 milhões (R$4,81 bilhões na cotação do dia 15/05) em mercadorias.

Até o momento, o mês de abril se destacou no setor de exportações para o Estado, foram vendidos U$949 milhões de produtos do Estado para outros países. As exportações de março somaram U$836 milhões, fevereiro, U$663 milhões e janeiro, U$731 milhões.

Produtos

Mesmo a soja sendo responsável por 36% das exportações do Estado, houve uma variação de 6,77% negativo, se comparado ao ano anterior.

A celulose continua como o segundo produto de Mato Grosso do Sul mais exportado, responsável por 26% das vendas externas, que resultaram em um faturamento, neste primeiro trimestre, de US$ 622 milhões. São US$ 128 milhões a mais que no primeiro trimestre de 2023.

A exportação de carne bovina ficou em terceiro lugar, responsável por U$348 milhões e 23,6% das vendas.

Já em relação à queda nas importações,o gás natural da Bolívia, principal produto comprado pelo Brasil via Mato Grosso do Sul, é o grande responsável por esse acontecimento, ele é responsável por 46% (US$ 428 milhões) das compras de MS no mercado externo.

Fonte: CORREIO DO ESTADO

Comunicar erro
no

Comentários

comitiva