comitiva

Peritos do Cenipa investigam acidente aéreo no Aeroporto Santa Maria

Equipe chegou na manhã desta sexta-feira (19), em Campo Grande e estão juntamente com o Dracco no local

Por Marina Romualdo em 19/04/2024 às 15:40:44

O Cenipa e o Dracco investigam a causa da queda do helicóptero do Governo do Estado (Foto: Marina Romualdo)

Os peritos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) chegaram nesta sexta-feira (19) no Aeroporto Santa Maria, localizado na saída para Três Lagoas, em Campo Grande. A equipe juntamente com o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco) realizam a perícia no helicóptero do Governo de Mato Grosso do Sul.

Durante à tarde de quinta-feira (18), quatro militares – dois coronéis, subtenente e um sargento da Polícia Militar do Estado ficaram feridos após um acidente aéreo. Após uma pane na aeronave, o piloto precisou fazer um pouso forçado.

Segundo a delegada do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco), Ana Cláudia Medina, a aeronave teve uma pane no motor e para preservação das vidas e por isso entrou no voo de emergência. "Por isso, o piloto conseguiu trazer o helicóptero ao solo sem maiores consequências. O incidente é grave, mas ainda é muito cedo para denominar alguma coisa, pois, como o terreno estava molhado por conta das chuvas, acabou tombando a aeronave".

Em nota, o Governo do Estado informou que a aeronave envolvida no acidente é um helicóptero matrícula PT-HBM, modelo Bell 206. O mesmo estava há 20 minutos no ar, em um voo semanal de giro realizado para preservação do equipamento.

O helicóptero pertencia ao traficante Juan Carlos Ramirez Abadia, mas foi apreendida pela Justiça Federal e entregue no ano de 2017 à Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp).

Fonte: Diário Digital

Comunicar erro
no

Comentários

comitiva